sábado, 18 de setembro de 2010

Saudades



Durante algum tempo me afastei dos amigos blogueiros
e também de meu próprio blog, que ficou abandonado.
Alguns comentários de incentivo para voltar a postar,
mas faltava disposição para tal.
Nem mesmo o blog da Sra. Netuno recebeu a merecida atenção,
pois também ficou esquecido.
Exatamente há trinta dias passados, minha mãe
com sessenta e nove anos fez a passagem para outro plano;
foram dias de tristeza e ao mesmo tempo de esperança
que seu quadro clínico se alterasse,
mas não foi o que ocorreu.
Foi na época da Copa do Mundo,
dia em que o Brasil iria jogar contra Portugal,
que fiquei sabendo pela equipe médica
do Hospital Santa Casa de Santos,
que minha mãe estava com câncer terminal
no fígado e se alastrando para outros órgãos.
Cheguei até a propor para o médico
que eu doaria parte do meu fígado
( pois é o único órgão que volta a crescer ),
porém o médico foi categórico dizendo que não adiantaria . . .
Minha mãe partiu achando que seu problema
era de idade, . . . de velhice,
certa ocasião
ela me disse estar mais velha que minha avó . . .
Foi muito triste vê-la se alimentar
com tamanha vontade e continuar a emagrecer gradativamente.
Foram vinte quilos perdidos em apenas quinze dias.
O que mais aperta o coração
é saber que não mais a veremos,
nem tão pouco ouviremos sua voz.
Acredito que todos nós um dia nos encontramos
em um outro plano da vida,
. . . mas será mesmo ?
Minha esposa e minha cunhada, foram incasáveis
com carinhos e atenções para minha mãe,
e isto não tem preço.
Ela gostava muito de meus trabalhos,
assim como meu pai,
minha mãe sempre me apoiou
e incentivou muito.
Uma grande mãe,
uma grande esposa,
uma filha maravilhosa
e uma avó muito amorosa.
Minha avó com noventa e um anos
e completamente lúcida passou uma grande tristeza
em ter de ver a partida da filha.
Este é um dos quadros favoritos de minha mãe
que adorava flores.
Saudades,
obrigado por ter sido minha mãe,
até um dia.




17 comentários:

laurinhando por ai disse...

Querido Sérgio

Talvez tenhas nestranhado minha ausência...mas ainda encontro muita dificuldade para lidar com esses acontecimentos!
Mas tenha a certeza que nenhum dia se passou sem que eu tenha pensado em vc e família...
Veja, o bloqueio é tão gde que fui a missa de sétimo dia em data errada!!!
Amigo, existem situações em nossas vidas que nunca serão esquecidas mas o tempo , que é senhor absoluto,se encarregará de acalmar teu coração.
Um beijo bem gde desta amiga que te quer muito bem e torce muito por vcs...Costumo dizer que se ainda não deu certo é pq ainda não acabou!!!
Feliz regresso...
Laura

Geny disse...

Olá...
Vim conhecer o seu blog numa fase menos boa para voçê...
Minhas cinceras condolências pela perda irreparavel de sua mãe, Que Deus lhe traga a paz.
Estive a ver o seu blog, seus trabalhos são magnificos, suas tela em oleo são dignos de se ver, parabéns pelo talento. Se a arte é a sua vida, não deixe de o fazer...
Tenha uma boa semana...

as arteiras disse...

Olá, Netuno!
Não tenho palavras para exprimir o tamanho da tristeza que nos abateu.
Mais tenho a certeza de que ela está bem. E um dia nos encontraremos em algum lugar do espaço.
A saudade ficará para sempre, pois era uma pessoa maravilhosa e nunca será esquecida.
Fica com Deus!!
Sempre tua
Márcia

RETIRO do ÉDEN disse...

Meu querido Amigo de Além-Mar...palavras de circunstância para quê?!
Estou-lhe enviando um abração do tamanho do Mundo, para que a força e a aceitação, volte ao seu interior da sua alma. Deus lhe dê essa força e essa aceitação.
Foi bom voltar e revê-lo nestas lides blogueiras...estava a fazer muita falta a sua visita e postes por aqui.
Forte forte abraço, com todo o carinho nosso.
Mer e família

tossan® disse...

Estou sem palavras primo. Saudade da prima que não dei a atenção que deveria confesso. Somos mortais e falhos. Abraço

Anônimo disse...

Oi Sergio
Como estão? Muito bonita a declaração sua falando de sua mãe.
Parabéns pelos seus trabalhos estão bonitos.Oquadro favorito dela tb. é muito lindo. Gostamos da
foto colocada dela no balão. É como se ela estivesse se despedindo de todos deste mundo e
subindo para o céu... saudades...
Vamos enviar uma fotoo dela e seu pai quando jovens.
beijos Maria Luiza e Beto

as arteiras disse...

Um dia a gente vai rever ela, pode ter certeza. Tanto ela quanto o vô, e todo mundo que a gente amava e já não vemos...
Doi, mas uma hora a gente, APRENDE a conviver com a perda...
bjoooos
Nath

Beto e Maria Luiza disse...

Sergio
Ficamos emocionados ao ler a Mensagem dedicada à sua sempre querida mãe. É o que de mais lindo tem no seu ótimo Blog.
Também amavamos a Sueli.
Vomaos enviar através do seu e-mail, im linda foto tirada em 1960.
Beijos para a Tia Maria e abraços para você e toda familia.
Maria Luiza & Beto

Humana disse...

Sérgio

uma bonita homenagem que aqui deixas a tua mãe.
Foi para mim um choque quando o Tossan me deu a noticia e mandei por ele os meus sentimentos.
Espero que os tenhas recebido.
O apoio de familia e amigos é fundamental nestes momentos e sei que tens uma familia maravilhosa.
Um beijo com muita amizade.

Isa disse...

Venho até aqui como prometi.
Encontro-o triste pq a perda física
de alguém q amamos dói mt.
Espero voltar com mais tempo para poder apreciar o seu blog.
Beijo.
isa.

RETIRO do ÉDEN disse...

Querido Amigo,
Venho somente dar-lhe um abraço muito apertadinho e cheio de carinho.
Mer

Phaty disse...

Boa tarde meu amigo Netuno.
Depois de tantos meses longe do meu blog e longe dos meus amigos da Net.
Resolvi rever a todos.
Vim te visitar num momento de extrema trisreza.
Mas gostaria de dizer que enquanto uma única pessoa lembrar de sua mamãe, ela continuará vivendo.
Portanto tenha certeza que no teu coração assim como no coração das pessoas que a conheceram e com ela conviveram e a amaram, ela está e permanecerá por muitos anos ainda viva.
Sei que é muito dificil este momento, mas não sofra, pois todos nós nos reencontraremos um dia.
É apenas uma viagem, algumas pessoas partem mais cedo pra casa.
um grande beijo em teu coração
um beijo grande na Marcia, que neste momento saberá te dar a mão.

RETIRO do ÉDEN disse...

Amigo de Álem-mar,
Queremos estar juntos em pensamento, hoje, consigo e com Tossan, para um abraço sentido do peito.
Um beijo maternal
Mer e família

PS.já agora...como é fazemos para tirar aquelas "letrinhas" que tanto incomodam os nossos visitantes?Já tentámos seguir as instruções que o Tossan deu...mas não soubemos pôr em prática.
Elas continuam por cá...
Bj.
Mer

Maria José disse...

Netuno. A partir do momento que nascemos, já estamos morrendo. Mas a boa noticia é que a morte não existe. Apenas trocamos de roupa e de residência. Somente na aparência é que se morre. Perece o corpo e a alma subsiste, prosseguindo na senda que percorre. Coragem amigo, força. Grande abraço.

cláudia disse...

Sergio:
Só hoje, tantos meses depois , é que, visitando seu blog, deparei-me com essa notícia. Ainda tenho minha mãe, mas já perdi meu pai, há 21 anos, e se a dor da perda é aliviada com o tempo, a saudade permanace inalterada. Sei que temos crenças semelhantes no que diz respeito ao processo da existência. Tenha tranquilamente a certeza de que sua mãe está e estará sempre por perto, em espírito, que é a parte de nós que nunca perece.
Um grande abraço da amiga
Cláudia.

Ana Martins disse...

Caro Sérgio,
sinto nas suas palavras uma tristeza sem fim. O cancro é um dos flagelos dos nossos dias. Todas as famílias têm alguém que é ou foi vítima de cancro. O meu Pai, faleceu há doze anos, com um cancro no esófago, foi horrível.

Pense que a sua Mãe está em paz, que já nada lhe doí, e que a vida não acaba, apenas se transforma. Um dia, todos nós teremos um reencontro feliz com aqueles a quem tanto amamos.

Beijinho amigo,
Ana Martins

Anônimo disse...

Professor Sérgio:
Quando podemos ter o privilégio de convivermos com os nossos pais é uma benção de Deus.
Sorte a sua que teve uma mãe maravilhosa, que apesar de todo o sofrimento teve a ajuda divina de estar com pessoas que a acolheram e deram alento nos momentos mais delicados da vida dela.
Estar ao lado dela foi a sua missão muito bem cumprida e da sua família.
Com certeza ela agora deve estar bem, olhando de algum lugar por vocês e os abençoando, como todosos os espíritos de bem fazem.
Desejo a vocês coragem, força, e, determinação sempre para vencerem as adversidades!
Norma